Se trata de uma técnica da psicologia que trabalha com foco em determinado problema que está ocupando um espaço grande na vida da pessoa, a ponto até de estar comprometendo outras áreas da vida.

Já no primeiro contato o paciente expõe o caso para o psicólogo e já se estabelece o número de consultas que serão realizadas e data da alta.

Esse modelo de abordagem pode ser utilizado em qualquer idade, desde crianças até idosos.
O público alvo são pessoas com sintomas de ansiedade, depressão, distúrbio do sono, reeducação alimentar, organização de projetos profissionais , organização de rotina, conflitos familiares, luto, entre outros.

A finalidade da Psicoterapia Breve é ajudar a encarar os diversos conflitos que produzem angústia, que acabam determinando quadros variados de uma psicopatologia psicodinâmica.
Em minha experiência de atendimento, com esta técnica de abordagem, quando o paciente tem confiança no vínculo , nas primeiras sessões já poderá ser observada mudança em sua forma de pensar e lidar com seus conflitos.


Mariana Moraes
Mariana Moraes

Mariana Moraes

Psicóloga clínica e hospitalar, Perita judicial, Especializada em acompanhamento pré e pós de cirurgia bariátrica e Pós Graduada em Psicologia do Trânsito.

Deixe uma resposta